Os equipamentos necessários para que um datacenter, sala de servidor ou uma central de equipamentos de provedores de Internet funcionem de forma correta, são, na sua grande maioria, delicados e precisam de devida proteção para evitar qualquer tipo de dano. Muitos dos equipamentos são instalados em racks que garantem o bom posicionamento das peças, portanto, sempre que é planejada a rede, é necessário prever o uso de racks.

Se você possui rede WiFi em casa e se interessa por tecnologia, possivelmente você já viu que existem roteadores com dois padrões diferentes de comunicação. O primeiro é o mais comum: 2,4 GHz. Já o segundo, mesmo que seja tão antigo quanto o primeiro, está se tornando mais popular somente agora: 5 GHz. Mas você sabe o que esses números significam?

Os racks são estruturas importantes para o bom funcionamento de um data center, sala de servidor, central de equipamentos de provedores de internet ou um sistema de CFTV. Porém, eles precisam de certos acessórios para garantir sua total funcionalidade. Bandejas fixas, bandejas móveis, guia de cabos, régua para tomada e muito mais. Estes acessórios aumentam a efetividade dos equipamentos instalados e garantem uma melhor organização da estrutura de cabeamento.

Em 2020, o Creative Urban Institute, com sede em Portland, juntamente com a Universidade do estado de Oregon, ambos nos Estados Unidos, divulgaram para toda a mídia internacional, o resultado do índice internacional sobre o quanto as cidades tem de cool. Essa palavra inglesa, traduzindo significa, “legal”, descolada. O objetivo é saber o quanto uma cidade é legal e atrativa para o público jovem, chamado de hipster. Duas cidades brasileiras fazem parte desse índice: Tiradentes MG e Santa Rita do Sapucaí MG.

Muitos não sabem para que realmente serve uma régua de tomadas e como usar. Além dela existe também no mercado os protetores eletrônicos, mas você sabe a diferença entre eles?

Em 2022 estudos apontam um crescimento de 14% nos primeiros meses do ano. Crescimento corresponde a buscas por altas taxas de banda. Seu provedor está preparado para atender os novos clientes?

Uma rede Mesh, “mesh network” ou “meshnet”, é um tipo de configuração de rede descentralizada, na qual um grupo de dispositivos age como se fosse uma única rede Wi-Fi. Ao contrário das redes comuns, as redes Mesh permitem a criação de vários pontos de conexão em vez de um único roteador.

Cada vez mais as redes estão apostando no desenvolvimento de tecnologias que fortalecem o mercado. O exemplo disso é a ONU Wi-Fi, com ela você tem a capacidade de entregar melhor qualidade de sinal de internet aos seus clientes.

O TR-069 é uma ferramenta útil para que os provedores possam fazer a manutenção de dispositivos localizados nas dependências de clientes. A ampla quantidade de informações adquiridas através do protocolo pode reduzir a necessidade de visitas presenciais para a solução de problemas simples.

A Anatel publicou o balanço de acessos aos serviços de telecomunicações de 2021. Os assinantes de banda larga fixa passaram de 36,3 milhões em dezembro de 2020 para 41,4 milhões em dezembro de 2021, crescimento de 14%, superando o aumento significativo de 10% observado entre os anos de 2019 e 2020. O destaque fica para os acessos com tecnologia de fibra ótica, que somavam 26 milhões ao final de 2021.